Malhação de Judas chega à 68ª edição na Cremação

Malhação de Judas chega à 68ª edição na Cremação

A rua Fernando Guilhon, no bairro da Cremação, recebeu ornamentação especial para mais uma edição da tradicional festa de malhação de Judas, que ocorre há 68 anos sempre aos sábados de aleluia. A programação começou na noite desta sexta-feira, 30, com o velório do boneco de Judas e atrações culturais nos palcos armados pela Prefeitura de Belém, que garantiu ainda toda a estrutura do evento e o apoio de várias secretarias municipais.

As famílias reuniram-se nas portas das casas para prestigiar o evento. Para a microempresária Gisele Silva, o evento também é um momento de confraternizar. “A gente vem para a porta, se reúne e é um clima de festa e alegria. As crianças podem brincar, tem várias opções para se divertir e ainda podemos aumentar a renda comercializando algo”, afirma.

O trecho da Fernando Guilhon entre as avenidas Alcindo Cacela e Quintino Bocaiúva fica fechado para o evento e seis associações de malhadores de Judas organizam a programação. Além da malhação dos bonecos, na manhã de sábado, também há várias brincadeiras voltadas para a criançada, como a corrida do saco e o quebra-pote, com distribuição de doces de chocolates para os vencedores. Brinquedos infantis, como pula-pula e escorrega, são oferecidos gratuitamente.

O presidente da Associação dos Judas da Cremação, Paulo Ribeiro, disse que o objetivo da festa é reunir os moradores da área como uma grande família e também de chamar atenção, com senso de humor, para os problemas sociais: “Este ano trouxemos cinco bonecos e os temas criticados são o caso de contaminação ambiental em Barcarena, os aumentos na conta de energia elétrica e a corrupção no país”.

Nos bairros da Condor, do Barreiro e do Umarizal também ocorrem malhações de Judas. Nos distritos de Icoaraci, Outeiro e Mosqueiro, as ações são coordenadas pelas associações carnavalescas. Segundo o diretor administrativo da Fundação Cultural de Belém (Fumbel), Helder Bandeira, a Prefeitura de Belém repassou a título de subvenção R$ 1.600,00 para cerca de 15 grupos de malhadores, por meio de edital público. “Ao apoiar eventos como esse, a Fumbel está exercendo seu papel de fomentar e incentivar as expressões culturais populares. Aqui é a própria comunidade que organiza e nós damos apoio com som, palco, isolamento e segurança da aréa, dentre outros serviços”, destacou.

Além da atuação de um efetivo de 150 homens da Guarda Municipal de Belém (GMB), que trabalham na segurança durante todo o feriado da Semana Santa, e de quatro agentes em duas viaturas da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) no ordenamento do trânsito no entorno, agentes das Secretarias Municipais de Urbanismo (Seurb), Saneamento (sesan), Meio Ambiente (Semma) e Economia (Secon) atuaram em conjunto, garantindo serviços como iluminação pública, limpeza, poda de árvores e ordenamento do comércio.

Matéria originalmente publicada na Agência Belém.