Guarda Municipal recebeu mais de 400 denúncias no período da Operação Carnaval 2021

Guarda Municipal recebeu mais de 400 denúncias no período da Operação Carnaval 2021

A Prefeitura Municipal, através da Guarda Municipal de Belém encerrou ao meio-dia desta quarta-feira, 17, a Operação Carnaval 2021, que iniciou na última sexta-feira ,dia 12. Nestes dias, somente o número 153 recebeu mais de 400 denúncias de descumprimento do Decreto Metropolitano, que determina regras sanitárias para conter o avanço da Covid-19.

Durante este período, a corporação intensificou ações integradas de segurança e de fiscalização de combate à Covid-19 nos distritos de Outeiro, Mosqueiro, Icoaraci e na capital.

Por dia, 60 agentes, oito viaturas e doze motocicletas, dos grupamentos de Ações Táticas (GAT), Táticas Com Cães (ATAC), Ronda da Capital (RONDAC), Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) e o Operacional foram deslocados para a missão.

“Este ano o foco da operação carnaval foi diferente, por conta da pandemia”, explica o Inspetor Geral da GMB, Joel Ribeiro.

Ele ressalta, que os guardas municipais integrados com as forças de segurança municipais e do estado, atuaram diuturnamente na segurança para inibir atos de criminalidade e principalmente no cumprimento do Decreto Integrado/N°800, que estabelece regras de restrição sobre uso obrigatório de máscaras, proibição de circulação de pessoas nas praias e balneários, verificação dos restaurantes quanto à higienização regular dos espaços de uso comum e disponibilização de álcool 70% para clientes, e na dispersão de qualquer evento carnavalesco que gerasse concentração de pessoas.

Balanço – Cerca de 700 pessoas foram orientadas pelos agentes da GMB sobre a restrição do uso das praias. Além disso, mais de 100 restaurantes receberam a visita da fiscalização. Nas barreiras educativas na entrada das ilhas de Outeiro e Mosqueiro, 46 motos, 32 vans, 26 ônibus receberam orientações sobre as medidas previstas no decreto.

O balanço apontou durante o período, seis registros de ocorrências. Em Icoaraci, durante cinco noites a GMB em conjunto com a Semob e o 10°Batalhão da PMPA registraram na orla local várias infrações de descumprimento do decreto como, a falta do uso de máscaras, além de aglomerações.

Na terça-feira de carnaval, a força-tarefa encerrou um bloco de carnaval, no Quinta dos Paricás, e uma festa de carnaval, com mais de 50 pessoas, no Rancho Vitória. Neste dia, 21 motos foram notificadas.

Espaços Públicos – Outra ação importante durante o Carnaval, foi a força-tarefa que envolveu a integração da GMB, Organização Pública; Secretaria de Economia (Secon), Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), A Superintendência de Mobilidade Urbana (SEMOB), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e Conselho Tutelar, que conseguiram levar orientação nos espaços públicos de Belém, como o Portal da Amazônia e nas Praças Princesa Isabel, Waldemar Herinque, Batista Campos, entre outras.

Durante a missão, quiosques, ambulantes e vendedores de coco foram orientados sobre a higienização, disponibilidade de álcool em gel para os clientes, funcionamento do estabelecimentos com 50% de sua capacidade e sobre a venda de bebidas alcoólicas até às 22h.

Cerca de 400 máscaras foram distribuídas no período, seis quadras esportivas foram fechadas temporariamente, a fim de cumprir o que está estabelecido no Decreto, que também proíbe prática de esporte coletivo com mais de duas pessoas. O acesso de veículos ao Portal da Amazônia também foi restrito para evitar aglomeração no local.

O inspetor-geral da GMB afirma que a missão foi concluída com excelência pela forças envolvidas. “Destacamos a união do Município e do Estado e, principalmente a ajuda da população com as denúncias por meio do 153, que recebeu 439 ligações por descumprimento do decreto. Vale lembrar que as ações continuam até a vigência do decreto, conclui Joel Ribeiro.

Texto:
Thais Veiga