Guarda Municipal de Belém intensifica a fiscalização durante o período de lockdown

Guarda Municipal de Belém intensifica a fiscalização durante o período de lockdown

Desde o último dia 16 de março já foram abordados mais de 18 mil pessoas e 7.500 mil veículos

A Guarda Municipal de Belém (GMB) divulgou um balanço parcial das fiscalizações realizadas na capital paraense durante a vigência do lockdown. Desde o último dia 16 de março já foram abordados mais de 18 mil pessoas e 7.500 mil veículos, durante as ações de controle para garantir o cumprimento das restrições estipuladas no decreto estadual, que instituiu a suspensão total das atividades não essenciais em toda a Região Metropolitana de Belém. Equipes da GMB também aplicaram 36 multas, no período de 17 de março até a manhã desta sexta, 19, as quais foram registradas no sistema da Secretaria de Segurança Pública do Estado (Segup).

A ação iniciou-se na última terça-feira, 16, com abordagens e orientações à população sobre as medidas. Já no dia seguinte, passou a valer a aplicação de multas para pessoas físicas, no valor de R$ 150,00, e para estabelecimentos de atividades não essenciais, no valor de R$ 50 mil, em caso de desobediência ao decreto.

De acordo com a GMB, as fiscalizações contam com patrulhamentos e barreiras integradas, montadas em pontos específicos, como na avenida Júlio Cesar e na travessa Tavares Bastos, além de outros locais da cidade. Nos bloqueios são fiscalizados pedestres e motoristas para evitar circulação desnecessária nas ruas.

De acordo com o inspetor-geral da GMB, Joel Ribeiro, o órgão está intensificando a vigilância. “A Guarda vem trabalhando intensamente com abordagens em veículos e orientação a pedestres. Disponibilizamos o número 153 para qualquer tipo de denúncia relacionada ao não cumprimento do decreto”, explicou.

Registro – O dia que mais registrou abordagens a pedestres foi nesta quinta-feira, 18. Quase nove mil pessoas foram interpeladas pela GMB. Já na manhã desta sexta-feira, 19, até às 10h, mais de 1.800 automóveis já tinham sido parados nas barreiras, sendo, até o momento, o dia com maior fiscalização a veículos.

Texto:
Victor Miranda