Na tarde desta quinta-feira, 17,  cerca de 100 crianças da educação infantil e ensino fundamental da Escola Municipal Cordolina Fontelles, no bairro da Patinha,  participaram das ações do projeto Guarda Amigo da Escola, promovido pela Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Guarda Municipal de Belém (GMB).

O projeto foi criado em 2016 e já visitou mais de 100 escolas municipais e estaduais, com o objetivo de fortalecer ações de prevenção, aproximar, levar orientações de cidadania, segurança, música, meio ambiente e disciplina e, ainda, informar à comunidade escolar sobre o papel da GMB, no sistema de segurança pública.

Daniele Cardias, inspetora e coordenadora do projeto Guarda Amigo da Escola, explica que a Guarda vem realizando eventos junto às escolas, visando à paz social, por meio do civismo, da educação social e de valores morais, proporcionando o fortalecimento da família e minimizando o envolvimento com a criminalidade.

“A Guarda Municipal de Belém é uma entidade cidadã, que vai muito além do patrulhamento ostensivo. Visamos sempre contribuir para a cultura de paz e, principalmente, na prevenção da violência e criminalidade”, afirmou Daniele.

Programação – Durante a programação, os alunos assistiram à apresentação da Banda de Música da Guarda Musical, que contou com a participação das crianças e adolescentes do projeto social Anjos da Guarda, cantando os hinos do Brasil e de Belém. A banda também fez uma demonstração de cada instrumento musical, contagiando e interagindo com a criançada.

“Esse é um momento importante para os alunos”, disse o diretor da Escola Municipal Cordolina Fontelles, Sergenson Fernandes do Nascimento. “Essa presença constante da Guarda Municipal nas escolas é ótima e visa o bem comum”, apontou.

Nascimento salientou sobre a importância de iniciar as noções de cidadania ainda na infância, pois eles aprendem regras de comportamento, o respeito pelas pessoas, professores e pais, além da valorização do ambiente onde vivem.

Cães adestrados – Após a apresentação da banda e dos “anjos”, os estudantes participaram de uma exibição das cadelas adestradas, Índia e Charlotte, do Grupamento de Ações Táticas com Cães (Atac).

O canil apresentou cachorros treinados para farejar drogas além da socialização e obediência do cão. Durante a apresentação socioeducativa, os guardas interagiram com os participantes e simularam uma ação real de faro com a cadela Índia.

O estudante Luciano Fonseca dos Santos, do 5° ano, comentou que adorou assistir a banda de música e a apresentação dos cachorros. “Percebi que os cães são inteligentes e que é muito importante ter a presença da Guarda perto das escolas,” disse.

O colega de Luciano, Juan Luiz Oliveira, de 10 anos, do 4°ano, explicou que já sabe o que vai querer ser no futuro. “Hoje me vi sendo um guarda. Quero proteger as escolas, as pessoas e cuidar de cachorro”, contou, empolgado, o menino.

Texto: Thaís Veiga

Crianças de escola municipal participam do projeto Guarda Amigo da Escola