• O guarda municipal Gilvandro Almeida de Araújo recebeu a Medalha do Mérito Francisco Caldeira Castelo Branco do prefeito Zenaldo Coutinho. Ele ajudou a debelar as chamas em um incêndio no Palácio Antônio Lemos em março de 2017.

Dentro da programação do aniversário dos 402 anos de fundação de Belém, o prefeito Zenaldo Coutinho fez a entrega da medalha do Mérito Francisco Caldeira Castelo Branco a 37 personalidades e entidades por relevantes serviços prestados no âmbito de suas atividades no município de Belém. A cerimônia ocorreu na noite desta sexta-feira, 12, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, e contou com a presença de outras autoridades municipais.

Entre servidores da Prefeitura de Belém e autoridades homenageados, a medalha, de acordo com Zenaldo, foi uma forma de reconhecer a contribuição destas pessoas para a construção de uma cidade cada vez melhor. “Para nós é um momento de alegria festejar os 402 anos da cidade, momento especial considerando os enormes desafios que temos superado, graças a essa composição plural que constitui o povo de Belém. Não se consegue avançar de forma isolada, é necessário que se multipliquem os exemplos, e hoje a cidade homenageia os senhores e as senhoras por este bom exemplo, que vão desde a autoridades do nosso Estado, até os mais simples servidores que em um ato de coragem defenderam o patrimônio histórico”, declarou o gestor.

A honraria foi criada pelo Decreto Municipal 14.538/ 78, de 1º de agosto de 1978, na gestão do prefeito Ajax Carvalho D’Oliveira, e é destinada a homenagear pessoas físicas e jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que desenvolveram – ou desenvolvem – trabalhos e ações para o benefício e a valorização da capital paraense e de sua população.

Entre os homenageados da noite estiveram os guardas municipais Sandro José da Silva Alves, de 42 anos, e Gilvandro Almeida de Araújo, de 33 anos. Ambos desempenham suas funções no Palácio Antônio Lemos, sede da Prefeitura de Belém, e em março de 2017 tiveram um importante papel na preservação do patrimônio histórico da cidade, quando um incêndio se iniciou no andar superior do prédio e os guardas foram os primeiros a conter as chamas que poderiam ter destruído o local.

“Quando nos demos conta do que estava acontecendo, a primeira intenção foi acionar os Bombeiros, mas em seguida buscamos encontrar possibilidades para conter o fogo. E assim fizemos. Utilizando os extintores, controlamos as chamas até que uma equipe de apoio chegasse. Na hora o sentimento de preservar a nossa história, o patrimônio que tem ali é incalculável, sabia que ali era a única chance que tínhamos de fazer isso, e isso nos estimulou a não desistir”, disse o Guarda Alves.

Outro homenageado com a medalha foi o procurador geral de Justiça do Estado, Gilberto Martins. “Estou muito feliz e orgulhoso de receber esta homenagem que foi transmitida pela Prefeitura Municipal de Belém, mas a reconheço como uma homenagem do povo paraense. E ela me estimula a cada vez mais continuar contribuindo para o nosso Estado e cidade de Belém. Como procurador geral, eu recebo essa homenagem em nome do Ministério Público, que hoje presta um grande serviço à população”.

Matéria originalmente publicada na Agência Belém.

Prefeito homenageia 37 personalidades com a mais importante comenda do município