Milhares de pessoas assistiram ao desfile cívico-militar, no centro da capital paraense, em celebração aos 195 anos da Independência do Brasil. Desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 7, a movimentação era bastante intensa na Avenida Presidente Vargas, local do evento. A Prefeitura de Belém participou do desfile por meio da Guarda Municipal de Belém, e também como apoio por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) e da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan).

Mais de três mil militares e integrantes de outras instituições desfilaram no evento, que neste ano foi de responsabilidade do Comando Militar do Norte (CMN), sob o comando do general Carlos Alberto Barcellos, em conjunto com Governo do Estado do Pará e demais Forças Armadas e Auxiliares, além de órgãos públicos. O governador do Pará, em exercício, Zequinha Marinho, participou do evento ao lado de diversas autoridades.

Guarda – A Guarda Municipal de Belém, fundada no dia 27 de setembro de 1991, desfilou logo após o grupamento do Corpo de Bombeiros do Pará, e levou à avenida mais de 270 integrantes. O desfile da GMB foi aberto pela Banda de Música da corporação, que foi seguida pelo Grupamento Operacional, depois, pelo Grupamento de Ações Táticas (GAT), o Grupo Ação Tática com Cães (Atac) – que levou seis cães à avenida -, 61 crianças do projeto Anjos da Guarda, além de 12 motocicletas – que trabalham dentro do programa SOS Mulher -, três viaturas e um micro-ônibus.

Enquanto essa tropa representativa fazia a sua apresentação, cerca de 80 integrantes da Guarda Municipal faziam o policiamento nas imediações do evento, desde bem cedo da manhã.
Para o inspetor geral da Guarda Municipal de Belém, Almir Ferreira, a participação do grupo no desfile é uma forma de integração também. “A Guarda trabalha pensando, sempre, no bem-estar da população de Belém. E neste feriado, que é um dia especial, estamos participando do desfile colaborando com a organização também, com integrantes que estão atuando na segurança e inteligência do evento, e os que estão desfilando. Essa participação é uma forma de afinar uma integração, visto que a Guarda é um órgão municipal, mas que tem parcerias com as demais Forças Armadas, assim como com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros”, avaliou o inspetor.

O evento começou às 9 horas, e foi aberto pela banda do colégio Lauro Sodré, que foi seguida por entidades civis, como os ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira, Maçonaria, escoteiros, desbravadores, Cruz Vermelha e bandeirantes. Houve também um desfile de carros antigos que foi muito aplaudido.

O desfile dos militares começou logo em seguida, e foi aberto pela Marinha do Brasil, seguida da representação da Guiana Francesa, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Militar do Estado do Pará, Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Pará, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran). O desfile foi encerrado por uma apresentação da Cavalaria da Polícia Militar do Estado do Pará.

Para o vice-governador Zequinha Marinho, o dia 7 de setembro é um momento de celebração, não só da Independência do Brasil, mas também do fortalecimento de todas as outras frentes de atuação das entidades. “Mais que um sentimento patriótico, a esperança é que continuemos na busca de uma liberdade, que ajude na melhoria da qualidade de vida da nossa gente que necessita de tantas coisas, e dar sequência na luta de um país que seja melhor para todos nós”, enfatizou o vice-governador.

Apoio – A Semob fez a varredura das vias do desfile e transversais, proibindo o estacionamento nos locais que abrangeram a concentração, o desfile e a dispersão. A interdição começou à 0h de quinta-feira, 7, e seguiu até às 13h do mesmo dia.

O desfile cívico-militar, celebrando a Independência do Brasil, foi encerrado às 11 horas, quando entraram em ação os funcionários da Sesan, que passaram a cuidar da limpeza das vias onde o evento foi realizado.

Matéria publicada orginalmente na Agência Belém

Desfile em homenagem à Pátria tem participação da Guarda Municipal de Belém